A Preocupação segundo a Medicina Tradicional Chinesa (MTC)

Preocupar-se nos dias atuais tem sido a rotina da maioria de nós humanos, a cada dia essa emoção vem ganhando terreno em nossas mentes, mas será que estamos notando seus efeitos em nossas vidas?

Para a Medicina Tradicional Chinesa a Preocupação pertence ao elemento Terra, tem como órgão correspondente o Baço/Pâncreas,  isso mesmo a junção de dois órgãos  que na visão chinesa se tornam um, e a víscera relacionada a este elemento é o Estômago.

Outras estruturas também correspondem ao elemento terra, estou falando da Boca e dos Músculos, assim caro leitor(a) apresento-lhe os componentes básicos dessa “mistura”, e fica fácil entender que a desarmonia em terra pode gerar problemas variados no órgão, víscera e estruturas aqui  citadas.

Vamos aprofundar um Pouco mais no assunto.

Terra é o chão em que pisamos e dela vêm a força, a base, o sustento, nossas principais referencias: Mãe Terra. É aqui que a energia vital passa por uma fase de estabilidade, de centralização, antes de voltar ao movimento.

Em nós a Terra é o centro do corpo, o centro da atividade mental, idéias e opiniões, capacidade de reflexão e de interpretação. Terra em harmonia faz a pessoa sentir-se em paz consigo mesma, sentir-se centrada, se você não vem se sentindo assim ultimamente é sinal de desarmonia nesse elemento, mas qual será a causa?

Você está Preocupado(a)?

Claro que sim você me dirá, no entanto trata-se de uma resposta errada vinda de uma pergunta vaga não é mesmo? Podemos estar preocupados por N fatores, cabe a um terapeuta experiente formular uma pergunta um pouco mais objetiva.

Um exemplo de pergunta correta seria: Nas últimas semanas ou dias o que mais vem lhe preocupando, e hoje, no aqui e no agora como você se sente frente a esta preocupação. Após ouvir esta pergunta provavelmente o paciente irá refletir exercitando o elemento terra e irá descobrir ou selecionar aquilo que mais lhe preocupa.

É óbvio que existem mais fatores preocupantes na vida do paciente, no entanto um bom atendimento trata de um fator por vez, daí a importância de reconhecer aquilo que mais lhe aflige, o que mais lhe tira a paz e o centro, lhe tira o chão.

Após identificar a preocupação já enraizada em seu íntimo, é hora de perceber os sinais e sintomas que ela causa em seu organismo.

Quando o raciocínio se torna paranóia, a exigência em suspeita, a crítica em julgamento, a reflexão para uma ideia fixa, o comportamento se torna obsessivo e ao menor pretexto a pessoa fica fora de si, ou quando se está sempre falando de si, querendo ser o centro das atenções. Todos sinais da desarmonia em terra causadas pela preocupação.

O sistema energético de Baço/Pâncreas e Estômago também é sensível ao excesso de preocupações, e ao comportamento obsessivo. Você é ciumento(a)? Esta firme na ideia que a ocasião faz o ladrão? Por isso tenta prender a pessoa amada pelo pé? Depois tem gastrite e má digestão, estes são sintomas.

Pela tradição chinesa o Estômago recebe e amadurece a comida e os fluidos, a parte pura segue rumo ao baço e vira matéria prima para o sangue, enquanto a parte impura segue viagem pelo intestino delgado.

O Baço é o maior órgão do sistema linfático. Limpa e filtra a linfa e os líquidos corporais, tira da circulação sanguínea, as bactérias, toxinas e células mortas, produz anticorpos, destrói hemácias velhas e auxilia na formação de novas.

Na MTC é o principal órgão da digestão, extrai da comida e dos fluidos a parte que se destina a forma o Chi (energia vital). Se estiver deficiente você encontra sangue nas fezes, na urina, no vômito, provavelmente terá problemas musculares como espasmos ou fraqueza.

O Pâncreas que produz e libera hormônios (Insulina e Glucagon) para a corrente sanguínea, e suco digestivos para o duodeno, seu funcionamento é afetado junto com o Baço pelo excesso de preocupação, prejudicando a absorção de glicose e a eficiência digestiva e absortiva de nutrientes.

A Preocupação em excesso desestabiliza a  capacidade centralização, promove o surgimento de comportamentos obsessivos e compulsivos, gera confusão e indecisão, atrapalha os processos digestivos e imunológicos, promove edemas pelas extremidades e favorece surgimento de diabetes tipo 2.

Procurar resolver aquilo que mais lhe preocupa não é tarefa fácil porém na maioria dos casos não se trata de uma missão impossível. Busque auxílio nas terapias da MTC pois ela compreende de forma profunda os eventos, os sinais e sintomas, e busca tratar de forma natural e objetiva o mal que lhe aflige.

Terra em harmonia faz a pessoa encontrar respostas dentro dela mesma, dentro de sua própria casa/corpo/mente.

Aprenda mais sobre o assunto clique aqui 

image

 

Anderson B. Alonso

Fisioterapeuta, Massoterapeuta, Acupunturista, Terapeuta Holístico e Reikiano nível 3A, é criador do blog Visão Holística, trabalha com Terapias Complementares desde 2008.

 

 

Be the first to comment on "A Preocupação segundo a Medicina Tradicional Chinesa (MTC)"

Deixe uma resposta