O Comer emocional e a Medicina Tradicional Chinesa

O Comer emocional e  a Medicina Tradicional Chinesa

comer-emocional

Você come quando esta irritado, estressado ou chateado?

Nos tempos modernos a maioria das pessoas tem sido vítimas do comer emocional frente a momentos difíceis. Comida se torna um tipo de conforto, preenche o vazio.

O ato do comer emocional  pode ser irracional ou pode estar repleto de emoções sobre o que pensamos de nós mesmos e isso pode se tornar um problema sério, pois o resultado disso é o ganho de peso  e perda da auto estima.

É um problema em nível físico, pois o ganho de peso é porta de entrada para várias doenças como diabetes, hipertensão e doença cardíaca. Também é um problema emocional, pois aumenta ainda mais os conflitos internos, e se não tratados criam raiz.

A medicina tradicional chinesa se torna grande combatente para o ato do comer emocional pelo simples fato de atuar no aspecto físico e no aspecto mental, dispõe de várias ferramentas como:

  • Reflexologia
  • Acupuntura
  • Fitoterapia
  • Tuina
  • Terapia nutricional chinesa
  • Auriculoterapia
  • massage foot female close-up isolated on white backgroundAcupuncture Needles and Tealights --- Image by © Gregor Schuster/zefa/Corbis

Cada ponto reflexo, ou cada ponto de acupuntura exerce um efeito nos níveis físico e mental, agindo nas causas do problema reduzindo o estresse e melhorando a autoimagem.

Diferentes emoções podem estar ligadas ao comer emocional, cabe ao terapeuta identificar as causas (emoções) e trata-las.

Um exemplo prático: se o medo é a emoção  que desencadeia as ações do paciente, iremos tratar os pontos ou sistemas de rim, ou energia da água. Se a raiva é a força motriz, trataremos o fígado ou energia da madeira.

Na maioria das vezes para auxiliar no tratamento do comer emocional, algumas ervas são incluídas para tratar o sistema baço, ou energia da terra. O sistema baço é primordial na digestão, no nível físico digere os alimentos, mas no nível mental ajuda a digerir emoções e pensamentos.

images (7)

Quando o Baço está em desequilíbrio, podemos apresentar no corpo físico a má digestão, e podemos nos perceber mais preocupados, cismando em certas ideias, estes são os sintomas da desarmonia mental.

Outro exemplo pratico é, se alguém tem sempre vontade de comer doce quando está chateado, é um indicador importante sobre a localização do problema. Assim como cada sistema de energia do corpo esta ligado a uma emoção, também esta ligado a um sabor em especifico.

Quando um paciente relata de forma segura o desejo de comer certo sabor, nos indica onde trabalhar com atenção e onde esta a causa ou raiz do problema.

Em uma consulta com abordagem da Medicina Tradicional Chinesa é feito uma anamnese detalhada, com muitos indicadores que nos dizem muito sobre a personalidade e sobre as situações cotidianas dos pacientes, esses indicadores possibilitam uma abordagem holística e segura.

fitoterapia_chinesa (1)

É correto dizer que a Medicina Tradicional Chinesa (MTC) é uma ferramenta muito útil no tratamento do comer emocional. Porém, Nutricionistas, Psicoterapeutas e Médicos devem fazer parte deste tratamento. A associação da medicina tradicional chinesa com a medicina convencional acelera o surgimento dos benefícios.

Se você está sentindo que vem perdendo o controle, procure um tratamento da MTC e também dos demais profissionais da saúde já citados, você merece ter harmonia entre corpo, mente e espírito.

 

Anderson B. Alonso

Fisioterapeuta, Massoterapeuta, Acupunturista, Terapeuta Holístico e Reikiano nível 3A, é criador do blog Visão Holística, trabalha com Terapias Complementares desde 2008.

 

 

 

 

6 Comments on "O Comer emocional e a Medicina Tradicional Chinesa"

  1. Alberto Soares | 11/12/2015 at 15:44 | Responder

    Interessante, mas me tire uma dúvida, o tratamento feito com reflexologia é mais forte ou fraco do que um tratamento feito com acupuntura? Abraço

    • Anderson B. Alonso | 15/12/2015 at 15:08 | Responder

      Alberto, na verdade as duas terapias são iguais em eficiência, nesse caso o fator determinante será a habilidade do terapeuta em identificar a causa e selecionar os melhores pontos a serem trabalhados. Abraço

  2. Uma pessoa 60 anos com hipocloridria, perda de peso e enfraquecimento sist,imunologico, qual melhor tratamento? teria uma planta especifica para indicar? Muito Obrigado

    • Anderson B. Alonso | 27/08/2016 at 18:17 | Responder

      Eder a Fitoterapia Chinesa sem dúvida pode ajudar no complemento ao tratamento convencional de medicina alopática, no entanto não posso indicar pois a fitoterapia não é minha área. Abraço

  3. Oi Anderson bom dia!! Excelente texto, so da uma revisada na palavra auto-estima que esta com L😉🙏🏼

Deixe uma resposta