Mágoa pra quê?

O que é Mágoa? De onde ela Vêm? Quanto tempo dura? Ela pode prejudicar a saúde de quem a carrega?

A Mágoa é um dos sentimentos mais comuns dos seres humanos, se caracteriza por uma sensação provocada a partir de um ato decepcionante, ofensivo ou indelicado por parte de outrem.

Geralmente a Mágoa nasce de uma Raiva, uma irritabilidade causada por outra pessoa, ao ponto de deixar marcas, desconfianças e certa repulsa.

A maioria dos sentimentos humanos são passageiros no entanto a mágoa possui a tendência a ser mais duradoura, em alguns casos durando dias, meses, anos ou até a vida toda. Só o fato de lembrar da pessoa ou da situação já é o bastante para desencadear uma série de sensações negativas e pesadas.

O mundo é cheio de influências que podem nos levar a carregar esse sentimento, existe mais pessoas tentando ferir do que acalentar, existe muita injustiça, preconceito e barbáries, pessoas ferindo outras para manter seu emprego ou para adquirir um, enfim são tantas as possibilidades de agregarmos mágoa em nossa jornada que nem nos damos conta.

Quando guardamos mágoa e pensamos em todo o sofrimento que passamos, o nosso cérebro reage como se estivéssemos em situação de perigo, então a produção de substâncias químicas ligadas ao estresse são liberadas em nossa corrente sanguínea e vão circular livremente em nosso organismo.

Essas substâncias provocam uma sobrecarga energética que faz com que órgãos e tecidos sofram mais para executar suas funções. Além disso a parte pensante do cérebro fica limitada e é aí que agimos por puro impulso, de maneira impensada, descoordenada buscando logo uma saída para o fim da sensação de perigo.

Já A Medicina Tradicional Chinesa diz que quem tem mágoa perde a flexibilidade na vida, se torna rígido, tanto no corpo quanto nas situações e relações do dia a dia. A Mágoa ataca os tendões, as substâncias nocivas liberadas na corrente sanguíneas enrijecem e corroem as fibras que o compõe.

Os olhos são afetados, é muito comum o surgimento de terçóis, conjuntivite, e alterações visuais. A pessoa perde a capacidade de enxergar além da mágoa, se aprisiona e não vê o horizonte.

O Sono fica prejudicado, a vesícula é quem rege o sono e não consegue fazer isso por conta do sentimento negativo e pesado, aí a pessoa desenvolve dificuldade para iniciar o sono, ou de permanecer dormindo. Uma noite mal dormida já é o bastante para não rendermos nem a metade do que rendemos em nossos afazeres diários.

O Fígado, órgão General é diretamente atingido, logo ele o responsável pelo calmo fluir de inúmeras substâncias pelo corpo, pela regularidade das funções corporais e por comandar nossas forças.

Uma de suas muitas funções mais interessantes segundo a MTC é a capacidade de harmonizar emoções, proporcionando ambiente favorável a um estado mental sereno. Quando em desarmonia pode ser responsável por ataques de fúria frente situações um tanto quanto rotineiras e cotidianas.

Dessa forma fica mais e mais favorável carregarmos mágoa por longos períodos, já que não teremos um bom ambiente mental para esquecermos e seguir em frente.

O que fazer?

Bem longe de mim ensinar uma receita de bolo para esquecer, perdoar e seguir, no entanto acredito na prática de alguns exercícios para chegar até lá. Meditar e serenar a mente seria uma boa, buscar o propósito de ter ocorrido isso conosco também pode ajudar, muitas  vezes vamos perceber que algo ruim vem para nos tirar da zona de conforto e nos reinventar.

Amar-se também é fundamental, quem se ocupa amando a si mesmo não tem tempo para odiar outros. Observar as coisas bonitas ao redor, nem que seja o som de pássaros livres a voar. Respirar profunda e calmamente, buscar boas companhias e o mais importante e o mais difícil que é desejar o bem a quem nos fez o mal.

A vida fica mais leve quando deixamos cair pelo caminho o peso extra e desnecessário que carregamos.

Seja um Terapeuta 

Anderson B. Alonso

Fisioterapeuta, Massoterapeuta, Acupunturista, Terapeuta Holístico e Reikiano nível 3A, é criador do blog Visão Holística, Mora e Atende em Franca e região, trabalha com Terapias Complementares desde 2008.

 

2 Comments on "Mágoa pra quê?"

  1. rejane neves | 27/01/2017 at 00:08 | Responder

    com certeza nao devemos guardar nenhum sentimento em nos que nos aprisione.maravilhoso texto.

  2. Maria Angela Pires | 31/07/2017 at 16:54 | Responder

    Parabéns ! Encantada !

Deixe uma resposta